sexta-feira, 6 de junho de 2014

JAPOP - O Poder da Cultura Japonesa (Parte 1)


A muito tempo, na palestra de Yukata que a Associação Brasileira de J-Fashion disponibilizou, eu ganhei esse maravilhoso livro! Eles estava a muito tempo na minha lista de leituras, então o guardei para ser uma leitura de férias, assim eu daria a maior atenção possível a ele, transformando-o em um material de estudo e fonte de informações para possíveis pesquisas da faculdade.

A autora, Cristiane A. Sato, é a mesma palestrante que participou tanto da palestra de Yukata quanto da Introdução à Moda Japonesa; ela é bem simpática e tem um amplo conhecimento no que fala, então nada mais justo que ela ter feito esse livro!

Sinopse


A cultura pop japonesa atualmente influencia criadores nas mais diversas áreas das artes, da moda e do entretenimento, e fez do Japão a única nação a quebrar a hegemonia norte-americana na exportação de valores estéticas e estilos de vida no pós-guerra.

JAPOP - O Poder da Cultura Japonesa mostra como o Japão passou de consumidor a exportador de influencia cultural, num fascinante passeio pelo bilionário mundo do entretenimento japones - dos ícones do esporte aos ídolos do showbiz; da tradicional musica enka ao moderno e cativante J-Pop; de novelas de TV aos filmes de samurais, de terror e monstros. JAPOP é também um guia para o rico mas intrincado meios dos mangás, dos animês e aos complexos traços da história e da cultura tradicional refletidos em formas de expressão cultural populares contemporâneas, como o karaoke, a dança Yosakoi Soran, o teatro Takarazuka e a própria moda japonesa.

Detalhado e surpreendente retrato do Japão comtemporaneo, JAPOP revela como a sociedade japonesa foi capaz de se tornar uma das nações mais industrializadas do planeta preservando suas raízes, tornando-se exemplo imitado por uma geração jovem, urbana, globalizada e multimídia em todo o mundo.



Conteúdo

O livro de divide em alguns capítulos, com subdivisões dentro. Antes disso tem uma página explicando sobre a romanização das palavras, como funcionam os sons, a forma de escrita, como algumas palavras seriam passadas durante o livro (visto que algumas tem versão brasileira; ex.: xógun ao invés de shõgun e quimono no lugar de kimono). Esses capítulos são:

Lady Oscar e Maria Antonieta
em A Rosa de Versalhes

Introdução

Explicações básicas sobre o que é cultura pop, a formação do pop japonês com seus prós e contras, a relevância de conhecer essa cultura e outros detalhes.

Animação e Quadrinhos

Explica de forma geral como os animês e mangás começaram e fala de forma focada em grandes clássicos, como Anpanman, Cavaleiros do Zodiaco, A Rosa de Versalhes, Sailor Moon entre muitos outros; além disso também fala sobre alguns artistas, como o Miyazaki(Studio Ghibli), Osamu Tezuka, Otomo, entre outros.

Artes Performáticas

Um pouco sobre o Teatro Takarazuka e da dança Yosakoi Soran.

Cinema

Sobre filmes de terror e de samurais, além de subdivisões completas para Godzilla, Kimi no Na wa e Otoko wa Tsurai yo.

Roupa yofuku da Era Meiji, quando o Japão
foi forçado a se abrir para o Ocidente

Comportamento e Consumo

Um foco sobre Hello Kitty, Lamén, Moda e Tipologia Sanguínea (que pros japoneses influencia na personalidade até mais que os signos).

Esportes

Sobre o beisebol e a luta-livre.

Ícones

Casamentos imperiais, os mascotes nacionais e os clássicos Robôs Gigantes!

Música

Musica Enka, Festival de Música Popular Japonesa, J-pop, karaokê, Hibari Misora e muito mais.

TV

Um pouco sobre os heróis dos Tokusatsu, Oshin e Ultraman.

Siglas

Bem, o que quer dizer as siglas que aparecem no livro XD

Bibliografia Consultada

Todos os livros consultados! Uma maravilha para estudos posteriores!



Avaliação Geral

Até agora eu só li até Animação e Quadrinhos, o que foram quase 150 páginas! É incrível ler como algo tão desvalorizado no Brasil mudou toda a industria japonesa de diversas formas, em diversos níveis; quero dizer, hoje em dia as crianças tem uma matéria falando sobre mangá na escola!

O livro fala de muita coisa de forma bem difusa e passa muitas informações que de forma geral não conhecemos muito bem, principalmente sobre a "evolução" do Japão depois da 2ª Guerra Mundial. Fala também sobre a diferença de valores entre ocidente e oriente, o que explica o porque de algumas coisas serem mais aceitar lá e aqui não(ex.: homossexualidade).

Até agora eu não tenho absolutamente nada para reclamar, porque eu ainda não cheguei nem na metade dele hahahaha

Mas sinto que alguma lacunas que eu tinha sobre o Japão estão aos poucos sendo preenchidas, sem contar que o livro é um convite a se aprofundar nessa cultura; tem muitas indicações de filmes/animes/mangás e afins para conferir e sinto que vou ter de dedicar um bom tempo das minhas férias para maior estudo desses detalhes.

Para quem, assim como eu, gosta de cultura japonesa e almeja compreender melhor como funciona toda a estrutura de pensamento desse país, é uma leitura básica altamente recomendada! E depois você pode usar a bibliografia para se aprofundar no é de maior interesse!




Vou parar esse post por aqui! No próximo vou falar sobre essa primeira parte do livro e várias curiosidades interessantes que eu nunca imaginei.

Cláudia

Nenhum comentário:

Postar um comentário