terça-feira, 1 de abril de 2014

Tokyo Fashion Festa São Paulo ~ Parte 2

O Desfile


Acho que essa é a parte mais esperada de todos. O post com as fotos do desfile! devo dizer que o formato do palco do auditório, que era quadrado, ajudou a criar diversos ângulos para as fotos; e isso rendeu algumas fotos de detalhes legais! Desde de já eu me desculpo pela baixa qualidade de algumas fotos, pois minha câmera não é muito boa e foi necessário usar o zoom... sinto muito!

Neb aaran do



O primeiro modelo era um conjunto de saia, camisa, casaquinho e chapéu, com uma maravilhosa meia-calça! Eu achei o conjunto bem simples, o casaquinho e a saia tinham um tom de azul marinho comum com detalhes em vermelho, os botões eram grandes e dourados; além disso a gola tinha o formato de gola marinheiro. A camisa tinha uma gola redonda e botões vermelhos que chamaram bem a atenção; o chapéu marinho tinha um enorme laço no topo, o que eu achei bem criativo além de chamar a atenção sem precisar fazer volume.

Como uma amiga disse, esse foi o conjunto mais simples e de certa forma parecia com um uniforme de aeromoça; de uma forma geral, achei que o look poderia ter sido mais criativo.




















O segundo vestido foi usado pela Akemi! Aqui já vemos a silhueta mais larga, quase em A-line, também em um tom de azul marinho. Este possui mangas levemente bufantes, botões brancos; além de uma vista branca pregueada com gola redonda, e um laço vermelho de bolinhas brancas enfeitando. O chapéu dessa vez veio em branco, o que ressaltou o tom do vermelho.

Meu detalhe preferido certamente foi o laço vermelho das costas! Ela é bem simples mas foi um detalhe que chamou totalmente a atenção e preencheu o vazio que ficaria naquela parte da roupa; uma ótima solução!

Foi nesse momento que eu virei e falei "Agora sim as roupas vão começar a ficar diferentes!" e realmente, foi assim que aconteceu.



O terceiro vestido em totalmente em A-line, continuando com as mesmas cores apresentadas nos vestidos anteriores. Este tinha o evasê franzido mais curto, deixando o forro branco aparecer graciosamente. Na ponta do tecido azul marinho haviam vários laços vermelhos, combinando com os colocados no cabelo e também com a grande faixa que passava logo acima da linha do busto.
Mesmo sendo um vestido cheio de detalhes, acabou sendo algo que teve uma harmonia visual. Todos os colais estavam bem preenchidos, dos pés a cabela, de "pequenos" toques vermelhos; eu certamente compraria esse vestido!

 


O quarto foi uma verdeira surpresa! Saiu da linha de pensamento de todos os outros, indo para um visual mais lúdico e chamativo. Ela continuou bem solto como os outros, mas esse foi feito totalmente em cetim vermelho bem brilhante, tendo uma primeira camada de tecido; n segunda camada eram essas tiras e mais tiras que dá inclusive para ver a modelo segurando.

Achei muito simples e criativo o modelo! O movimento que as tiras faziam quando ela andava era lindo, eu realmente achei que foi uma ótima escolha.


O quinto o ultimo foi o que mais me encantou. É obvio o uso de duas camadas do vestido, uma branda e outra xadrez bem toalha de picnic, a gola em V tinha detalhes de recorte curvado em volta, terminando na traseira em um quadrado branco. O tecido branco de baixo também tinha o recorte em curvas e só era visível na frente, pois o tecido xadrez fazia um bico para trás.

O corte e a estampa me lembraram muito o Natural Kei e o Mori, além de me lembrar de filmes como O Jardim Secreto! Como devem ter percebido, eu amo roupas nesse estilo e adoraria que essa moda voltasse só pra usar vestidos com esses recortes e ninguém me olhar torto. De qualquer forma, achei que esse e o penúltimo foram os que mais se sobressaíram por não seguirem exatamente a mesma linha de pensamento que o resto dos modelos.


Dress and Tights

Eu tinha muitas expectativas nessa marca e ela de fato não me decepcionou. É bem visível o ideal de um visual bem clean já que o look não passa do vestido e meia calça, mas as estampas preenchem todo o espaço que haveria para qualquer recorte/enfeita na roupa.

O primeiro vestido tinha uma estampa simples e bem discreta, mas o que me chamou a atenção foi a meia-calça com estampa de madeira! São várias tabuas de tons diferentes dispostas como se a perna fosse o chão, achei simples e criativo e com certeza daria o toque final em vários looks!
O segundo já tinha uma estampa bem mais chamativa e instigante. Mesmo em tons claros, não dava para parar de olhar a estampar porque eram informações sobrepostas de uma forma que não dava um fácil entendimento. Por fim, eu percebi que havia um rosto em estilo mangá na lateral do corpo e diversos "bichinhos" entre as folhas; gostaria de ter tido mais tempo para ver a estampa, queria toca-la e aprecia-la!

Dessa vez a meia calça tinha uma estampa mais chamativa, com um rosto feminino em mangá na perna direita(ponto de vista da foto). Achei ela bem divertida e lúdica, mas pessoalmente eu não a usaria com um vestido tão simples. Eu trocaria com a meia do primeiro look!

Por motivos de força maior, a foto desse look ficou borrada, eu sinto muito!

Dessa vez o vestido tinha a mesma estampa de madeira que a meia caça do primeiro look enquanto a meia calça tinha a estampa do vestido! Achei que invertendo as estampas o look ficou bem mais bonito, pelo menos foi o que eu senti.

A ideia de poder se ter a mesma estampa de um vestido na meia-calça é realmente interessante, principalmente pensando no consumidor! Não é sempre que você gosta de uma estampa no vestido, mas como a exemplo desse look, as vezes você pode gostar do inverso! Eu adoraria várias estampas de vestidos Lolita em meias-calças, eu compraria!

O quarto vestido tinha cores vivas, como se fosse um vestido de retalhos. Achei que a estampa simples e retrô combinou perfeitamente com a meia-calça; esta tinha um fundo rosa e várias mulheres iguais, vestindo um conjunto de camisa, calça e bolsa.

Eu achei que essa também foi uma das modelos que mais encorporou o espirito de desfile "livre", ela andou de forma descontraída, acenou e sorriu; acho que ela percebeu que a Akemi fez isso ao desfilar e que isso era normal para marcas com roupas mais descontraídas.

O ultimo vestido tinha uma estampa bem viva e criativa. No centro uma garota desenhada em estilo anime parecia observar os espectadores; com cabelos coloridos, ele se fundia com flores que adornavam a sua volta.

A colegial aparece também na meia calça do look, com a mesma estampa e foi então que eu percebi que essa garota foi usada de base também no vestido e meia calça do segundo look! Uma ótima edição de estampa que quase me faz deixar esse detalhe passar.


Yukihero Pro-Wrestiling


Acho que essa era uma marca esperada pelo diferencial com relação as outras.

O primeiro conjunto era em preto e cinza, bem discreto para a temática, mas mostrou que a roupa poderia ser utilizada no dia-a-dia sem problemas! Se vocês repararem na estampa, os "círculos" são o desenho da máscara do modelo, achei um detalhe bem divertido.


O segundo conjunto me lembrou inevitavelmente de um samurai, não só pelo cabelo preso, mas também pelas ombreiras que me lembraram as armaduras antigas.

O tecido parecia ser algum tipo de jeans leve e os detalhes eram em estampa de cobra! Sinceramente eu torço para que não seja pele de verdade, porque ficou lindo... mas coitada das cobras utilizadas!

As laterais do braço e do shorts eram de couro bem brilhante, e parecia ter um estofado a cada quadrado da tira.


O terceiro foi o mais característico da coleção. Dava para ver bem as referências a máscara de luta-livre na estampa da jaqueta e do shorts; além disso a o vermelho era bem mais intenso do que na foto, como o nosso conhecido "Vermelho Paixão".

Estranhei esse look não possuir máscara, até porque em fotos desse mesmo conjunto lá no Japão possuía... me pergunto se ocorreu algum problema com ela! Mas o modelo era simpático e senti que ele estava bem feliz em mostrar o rosto! hahahaha


Aqui temos a primeira roupa feminina da marca! Pessoalmente eu só esperava ver roupas masculina, mas fui surpreendida pelo modelo dourado vibrante e chamativo.

O casaco parecia ser bem confortável e fofo, talvez ele até fosse um pouco mais quente graças ao enchimento. E o vestido também prezava pelo conforto, o decote era confortável e tinha um pequeno recorte diferenciado seguindo a direção do zíper.


Como sempre, o ultimo look sempre é a maior surpresa!

O vestido bem mais feminino que o anterior tinha um recorte simples e bem mais decotado, deixando muito mais pele a mostra. O grande diferencial foi a própria estrutura do vestido, onde o estilista não se satisfez somente com a estampa de máscara, mas também moldou o tecido de forma que cada máscara ficasse em alto relevo!

Achei um deleite para os olhos, simples e criativo!


Motonari Ono

Eu tinha grandes expectativas quanto essa marca porque eu conferi roupas de outras coleções e achei o jeito clássico e sofisticado dela muito delicado e diferente.

O primeiro vestido era bem simples, porém a escolha do tom de beje(mais claro do que na minha câmera) e a renda, muito rica(o que não dá para ver na minha foto) deixou a peça bem sofisticada e digna de um jantar formal.


O segundo vestido já tinha um recorte diferente, com o colo coberto com um tecido transparente, dando a impressão de que o vestido começava só nos babados.

O tecido na parte do corpo/"corset" do vestido era um tom mais escuro que o resto do tecido e possuía uma estampa delicada e fina. meu Detalhe preferido foi o punho da manga, que também possuía babados como nos ombros!


Esse terceiro vestido achei de muito bom gosto, de verdade. O tecido da parte de cima era de um beje tão parecido com a pele da modelo que parecia ser feito só de renda!

A saia era semi-transparente com um forro por baixo e tinha renda no barrado. Sei que o toque final da roupa foram os babados de cetim preto, mas pessoalmente não gostei da tira que passou por cima do busto; achei que cortou a silhueta da roupa.


Esse foi amor a primeira vista, cobicei ele loucamente quando o vi entrando. Assim como todos os outros, tinha um tom de beje dessa vez puxando levemente para o rosê; e uma maravilhosa estampa floral num estilo antigo, com desenhos delicados porém não muito pequenos.

O recorte foi bem feito e seguiu perfeitamente o corpo da modelo.As camadas franzidas balançavam quando ela andava e passava um ar de leveza; me pergunto se seria algum tipo de seda ou cetim, mas me lembrou um vestido que tenho.


O ultimo tinha um recorte chinês clássico, lembrando um pouco um vestido chinês pela gola e abotoamento.

Foi o look mais escuro da coleção com uma linda estampa floral bem grande. As mangas bem curtas acentuaram a simetria do vestido, que tinha também babados nas laterais, deixando o vestido mais feminino.

Aliais, eu achei a escolha de sapato perfeita, eu não teria escolhido algo melhor!




Fazendo um balanceamento geral, achei que o desfile foi de ótima qualidade. Além de ter mostrado bem o conceito de cada marca, eu vivi uma oportunidade que nunca esperei ter; afinal, quando eu iria conseguir ver um desfile, ainda mais de uma marca japonesa?!

E eu devo dizer que concordo com o que a Rika postou no Le Café, a Ono pareceu quase sem graça perto da Yukihero, mas temo que se colocasse ela antes as pessoas poderiam facilmente esquecer das roupas...

De qualquer forma, eu me desculpo pelo post gigantesco! Eu queria comentar cada roupa não só porque eu queria passar minha opinião, mas porque as fotos não foram de grande qualidade, então achei necessário comentar sobre vários detalhes para que vocês tivessem a melhor ideia possivel de como eram as roupas!

Deixo aqui o link do post sobre o desfile no Le Café, que tem fotos em melhor qualidade que as minhas. Deem uma olhadinha!

Cláudia

2 comentários:

  1. Adorei o post!
    espero que tenhamos mais oportunidades como essa!!!

    Bjos
    Di

    ResponderExcluir